JMT Service comemora 14 anos com missa de ação de graças e confraternização

O mês de junho é marcado pela fundação da empresa que, atualmente, é a principal quando o assunto é terceirização de mão de obra no Rio Grande do Norte. A JMT Service chega aos 14 anos de idade com o número de 8.200 colaboradores e contratos na Paraíba e no Distrito Federal, além do Estado Potiguar. Para comemorar a chegada da nova idade, a direção da empresa promoveu, na última segunda-feira (17), uma missa em ação de graças na Igreja São João, no bairro de Lagoa Seca, e uma confraternização entre os funcionários.

Ministrada pelo Pe. Marcelo Cezarino, a missa contou com a benção dos crachás dos presentes e uma mensagem sobre as relações de parceria com o próximo. “O momento é de parabenizar essa empresa, quase debutante. Nossa prece à Deus é para que Ele continue abençoando e santificando essa corporação do Rio Grande do Norte. Clamamos ao Senhor que possa abençoar a equipe e o diretoria para sejam exemplos de homens e mulheres iluminados e pautadas pelo princípio de propagar o bem”, proferiu. 

Ainda no momento religioso, o diretor da JMT Service, Jonas Silva, agradeceu publicamente ao trabalho do corpo de funcionários e reconheceu que as conquistas da empresa são possíveis graças a dedicação de cada um. “Agradecemos por cada suor, pelo empenho da equipe. Saibam que isso sempre será importante para nós. Reafirmamos também o laço familiar presente entre nós e pedimos que esse elo sempre continue”, disse. 

Reconhecida pela atuação em órgãos públicos, a JMT Service tem investido cada vez mais na chegada ao mercado privado. De acordo com Carlos Farias, gerente operacional de contratos privados, a modernização das relações trabalhistas no Brasil é favorável ao tipo de negócio da empresa. “Os empresários têm encontrado na JMT Service uma empresa com a expertise e o conhecimento do que o setor precisa, com oferta de mão-de-obra treinada e qualificada. Após a nova Lei Trabalhista, o mercado se abriu”, disse. “Hoje, temos qualidade para oferecer, desde a parte do investimento no pessoal, na oposta de mercado, com equipamentos e recursos humanos diferenciados”, completa Jonas Silva.  

Para o futuro, a ideia da empresa é continuar investindo em capacitação de pessoal e ampliando a presença no mercado privado. “Um dos grandes trunfos, nestes 14 anos, foi termos conseguido atravessar a crise econômica sem demitir. Agora, almejamos alcançar um crescimento de 20% no corpo de funcionário até próximo aniversário, e, assim, celebrar a marca de 10 mil funcionários”, planeja o empresário. 

“A JMT Service é uma empresa que acolhe o funcionário. Buscamos valorizar o que é produzido por eles todos os dias, para que tenham o sentimento de conforto pessoal na rotina de trabalho. Assim, conseguimos ter a melhor propaganda que pode poderíamos conquistar: a imagem de empresa íntegra dita por eles mesmo”, finaliza Jonas Silva, em tom de gratidão.